domingo, 27 de abril de 2014

Os Pinóquios da Ufologia e os Senhores da Verdade



Por Gério Ganimedes


A liberdade de expressão na ufologia é confundida muitas vezes com desrespeito as idéias e crenças dos que seguem, estudam, ou são os verdadeiros personagens desta pseudo-ciência.

Fazer ufologia nos tempos atuais, para quem não recebe “incentivo”, tornou-se uma tarefa árdua e desgastante, às vezes até mesmo humilhante. Tenho acompanhado de perto a troca de farpas entre o conhecido “ícone” da ufologia no Brasil (Sr. Gevaerd) com ufólogos, como o colega Chico Penteado, e sinto-me péssimo diante de certas posturas adotadas pela “direita da ufologia”, com pseudo-regras criadas para classificar o que é certo ou errado em matéria de óvnis ou extraterrestres.  Estamos vivendo tempos onde alguns "nomes" parecem ter se tornado “consultores majoritários da ufologia”, ficando a palavra final, como sempre, com eles.  Porque não consultam outras fontes quando se trata de reportagens para a mídia convencional? Gostaria de saber quais são os critérios técnicos ou científicos utilizados para classificar um ufólogo se a ufologia ainda, não é reconhecida como uma ciência alicerçada pelas colunas acadêmicas? Porque um pode ser mais que o outro num "universo" ainda desconhecido? Porque alguns insistem em dizer que sabem mais ou tem base para saber mais? Sabem mais ou ganham “imunidade fiscal” e/ou “donativos” para informar o que é sugerido pelos “interessados” colaboradores? Porque casos ufológicos se tornam cansativos e até mesmo irritantes como a “Operação Prato”? Porque, simplesmente é muito cômodo ficar falando de assuntos que não tem mais consistência de dados ou provas. Então, porque alguns ganham total mérito no assunto, e por isso se acham no direito de dar a palavra final? Acredito que temos muitos ufólogos incansáveis, dedicados, capacitados nas ciências acadêmicas e confiáveis, entretanto acabam por ficar sempre na sombra dos “escolhidos” por uma simples questão de segurança da mídia formal. Lembro-me de uma frase dita por um amigo e incentivador de meu trabalho: “Quando alguém sai na frente, recebe o título de Senhor”, depois disso fica muito difícil mudar o título de “nobre” que foi adquirido, no entanto isso deve mudar. Já não bastam os "entrevistadores" ou comunicadores das notícias globalizadas ridicularizarem os entrevistados ou o assunto, agora temos que aceitar os próprios membros da ufologia criticando, ignorando ou debochando? Já fui atingido antes, no entanto fiquei em silêncio, mas agora basta!

É muito fácil publicar matérias, ditas como exclusivas, tanto em blogs com em revistas com conteúdo às vezes copiado, alterado, idéias plagiadas e outras com textos que perdem o sentido e o significado, para simplesmente encher os olhos, alcançar público, aumentar a visitação, ganhar receita, aumentar a venda e principalmente para atingir reconhecimento mundial. Acreditem - ufologia para alguns é fonte de renda, é produto. Vejo isso, não só em sites que se “acham os bons”, mas também em revistas, canais de TV e DVDs cheios de requinte, com animações e conteúdos dignos de filmes. Devo concordar que muito material publicado, tanto em revistas como em sites, tem conteúdo pesquisado e muito bem elaborado, no entanto, muitas das matérias, causam apenas “calos” nos dedos entre o folhear de páginas e o avançar do “mouse”. O que acontece no Brasil no nível de blogs é que quando não têm mais matéria para publicar tornam-se meros copiadores ou interpretadores de matérias e conteúdos, sem ao menos respeitar os direitos autorais dos verdadeiros criadores das teorias, textos e idéias. São inúmeros os portais na Internet que simplesmente copiam o material publicado traduzindo (mal), enxertando palavras deixando o resultado final da postagem uma verdadeira “asneira ufológica”. Quem é que tem a palavra final sobre o assunto? Ninguém. Nem eu tenho, pois se tivesse não estaria aqui escrevendo. Então, senhores ícones da ufologia, respeitem as opiniões daqueles que são efetivamente contatados, sensíveis, híbridos, reptilianos, ganimedianos ou qualquer outra das centenas de raças alienígenas existentes dentro de uma sociedade que “pensa” ser apenas humana, no entanto com toda a certeza tem parte de seu DNA imutavelmente alienígena.



Ufologia envolve muito mais que apenas pesquisa, ciência, fatos, dinheiro e conhecimento. Ela necessita também de sensibilidade, tato e expansão do consciente – ver além. Se você não conhece totalmente a verdadeira origem extraterrestre, pois não sabemos nada ainda, não questione ou duvide da idéia de outros, simplesmente respeite a sabedoria, origem ou a crença de cada um. Penso que nem eu nem ninguém, que estuda pesquisa ou é apenas um entusiasta sobre o tema pode se achar mais ou menos. Devemos ser humildes quando não dominamos o conhecimento ou a verdade absoluta.

Fiquem bem




Este post é dedicado ao colega Chico Penteado e minha adorável e amada reptiliana, Rosana Ganimedes 

Texto: Gério Ganimedes
Colaboração: Rosana Ganimedes

Gério Ganimedes
Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©©.

19 comentários:

  1. Muito interessante a matéria, realmente a ufologia não deveria ser vista como uma cátedra universitária onde alguns são amadores e outros profissionais..ainda estamos engatinhando nesse estudo ,eu não o chamaria de ciência e é difícil dizer quem está ou não está com a razão.Mas ufólogos que se consideram científicos se julgam no direito de prejulgar os outros. Se eles não são espiritualistas, como podem julgar pessoas que falam de reencarnação ,etc e condená-las...?

    ResponderExcluir
  2. Tá ficando Pervo heim Gério. Aí siiiiim!!!!!! Parabém pelo post. tá na hora de alguém começar a meter a boca.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom o seu texto, é importante o posicionamento. Os que acham que detem a ufologia não contavam com democratização advinda da internet, os assuntos ufológicos jurássicos ninguém aguenta mais vê-los e ao invés de procurarem melhorar tentam derrubar e desqualificar quem de fato busca conhecimento e leva informação factual.

    ResponderExcluir
  4. Se eu tenho uma pizzaria, nao posso servir somente pizza marguerita porque sao as minhas preferidas...os ufologos da linha cientifica mostram so o que acreditam e tentam privar o publico de julgar e escolher. Tem sido assim nas ultimas decadas no Brasil. o project Camelot ou a revista americana de ufologia sao altamente ecleticas...aqui nao funciona assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Revistas de Ufologia aqui no Brasil, já era. Se eu tiver que comprar uma dessas no Brasil, compro Pesca e Companhia, pelo menos todo mês tem um peixe(assunto) novo. Estou com vc Chico Penteado! E Parabéns Gério pela iniciativa.

      Excluir
    2. pode ter certeza que você mandou o recado, e que ouçam aqueles que tem ouvidos de ouvir, mas observe, podem até copiar suas ponderações assim também adotá-las, como se não fossem a eles dirigidos, mas temos o dever de diferencia-los.

      Excluir
  5. Gostaria de fazer uma retificação: eu nunca troquei farpas com o senhor Chico Penteado. No máximo, trocamos umas mensagens privadas, a que ninguém teve acesso senão as partes. Então, Gério, você não teria o que ver, como afirma. Quero também deixar claro que nunca me interessei e nem me interesso pelas atividades do referido senhor, que nunca foi citado em minhas revistas ou eventos, e que também não vejo razão para que seja. Obrigado. -- Gevaerd, editor da UFO (www.ufo.com.br).
    .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou seja ,ele só fala do que ele gosta e só dá passagem pro que ele gosta pessoalmente, o resto ele não deixa o publico conhecer e julgar.Só que eu existo e estou AQUI!!!! Apesar de tanta torcida contra... E não sou charlatão ,porque não ganho dinheiro com ufologia e sobre a alegação de eu ser mentiroso, ele nem me conhece.

      Excluir
  6. Uai, esse Gevaerd não é o cara que chamava o Chico Penteado de "charlatão" e que dizia que "falaria isso na frente do Chico e para quem quisesse ouvir"? Então porquê agora então não escreve isso, Geva? Ficou cheio de dedos...

    ResponderExcluir
  7. Acabei de ler isso no Yahoo, e fiquei de boca aberta. Como pode O DEUS da Ufologia ter se abalado tanto com um simples post de um reles mortal? Gevaerd, vái pescar criatura!

    Agora, mal acaba esta situação desagradável e me envolvem em outra. Caramba, acham que eu sou saco de pancada?! Que levo vida fácil à frente da UFO?!
    Agora estão dizendo por ai que eu e o Chico Penteado, que se diz um extraterrestre e tem uns vídeos estranhíssimos na net, trocamos “farpas” e que eu o teria agredido.
    Oras bolas, eu nunca nem encontrei o sujeito, troquei no máximo umas mensagens no Facebook com ele, e não tenho o menor interesse em sua conversa e história... Zero!
    Fico pensando no seguinte ao analisar situações assim:
    O mundo e a vida cotidiana são coisas complexas e os seres humanos, muito mais. Todos com suas cabeças, suas neuras, seus problemas, seus complexos, seus egos etc. Isso em si já é uma babel.
    Agora, a Ufologia é uma AMOSTRA CONCENTRADA deste mundo e desta vida cotidiana, com seres humanos ainda mais complexos. E todos os problemas da linha de cima potencializados são ao extremo.
    Ou seja, Ufologia é o suprassumo de uma babel, é uma babel vezes 10, onde os problemas mais graves dos seres humanos que a integram se manifestam de maneira mais gritante.
    Ninguém conhece mais a Ufologia Brasileira do que eu, que milito há 40 anos nela e há 30 à frente da UFO. Pois isso me dá uma capacidade de análise razoável das coisas.
    O suficiente para dizer que conheço no máximo uns 20 ufólogos em toda a Comunidade Ufológica Brasileira que posso dizer “são normais“. O resto...
    Abraços e desculpem o desabafo.
    Geva
    No grupo da ufo no yahoo

    ResponderExcluir
  8. Daqui a pouco a Ufologia , vai estar igual essas igrejas evangélicas(NADA CONTRA OS EVANGÉLICOS estou apenas fazendo uma suposição). Picuinha aqui e picuinha ali, um falando do outro !. Já que os mesmos pregam sobre os " SERES EVOLUÍDOS " acho que essas desavenças devem ser descartadas de uma vez por todas !
    Alem de feio, suja a imagem e o trabalho que ambos demoraram anos e anos para construir .
    Está e minha opinião desculpa se não agrada a todos !
    Namastê

    ResponderExcluir
  9. Sr Gevaerd : " Ninguém conhece mais a Ufologia Brasileira do que eu, que milito há 40 anos nela e há 30 à frente da UFO. Pois isso me dá uma capacidade de análise razoável das coisas. "

    Desculpas então " senhor criador ", deve ser o Ashtar Sheran né amigão ?

    ResponderExcluir
  10. Gério,
    Sei que não tem n ada a ver com o tópico , mas como a pessoa fica sabendo que ela é de origem reptiliana ou de uma outra origem? Maria

    ResponderExcluir
  11. Penso sinceramente que todos se esforçam para trazer a verdade, muito embora esse "pessoal de fora" não ajudem muito.
    Cada ufólogo, aqui ou no exterior tem uma linha diferente de investigação, enquanto os contatados falam de diferentes raças (ou linhagens como diz Cassiah Faria).
    A verdade é que ninguem tem meios de dizer a verdade, simplesmente porque ela não está acessível a ninguem.
    Então o que se tem?
    Se tem uma realidade fragmentada, acessível a poucos e que aos poucos, e com as investigações sérias que todos tem feito, vão se costurando uma colcha de retalhos, longe ainda da verdade, mas com indícios de que alguma coisa muito grande existe lá fora.
    Para por um ponto final nesses problemas faço a seguinte sugestão:-
    Sugiro que o GEVAERD que tem a revista, deixe a disposição de ufólogos reconhecidamente sérios uma FOLHA INTEIRA para que esses exponham seus trabalhos, suas descobertas, suas experiencias e permita que o público se delicie dessas notícias.
    Tenho certeza que minha sugestão vai enriquecer a revista com novos casos, trazer a oportunidade de todos falarem e principalmente a união entre todos para o bem comum da ufologia, lembrando que, tantos bons ufólogos lamentavelmente já faleceram (Moacyr Uchoa entre outros) e até o presente momento pouco evoluiu a ufologia e que portanto essas discussões não vão chegar a um consenso.
    Obrigada a todos.....

    ResponderExcluir
  12. No que nos ajudaria saber qual raça estelar nós pertencemos? Hoje eu diria para você e para quem tem curiosidade sobre esse assunto, que isso não tem nenhuma relevância ou importância para ascensão planetária em andamento. O certo que toda a humanidade, essa mesma que todos nós pertencemos a 50.000, anos terrestres é reptiliana, porque todos os costumes, todas as crenças, todas as histórias, todas as sociedades, todas as formas de vida, foi através da criação e cultura reptiliana ou draco, ou seja, toda a criação terrestre aqui existente... Ah! Não podemos esquecer a forma de reprodução dos humanos e dos animais.
    A própria terra, tornou-se reptiliana, pois ela vibra e vibrava conforme sua humanidade... Quando forças aqui chegaram e tomaram conta de todo o planeta, o isolando, das energias do cosmo, da energia da Fonte, da energia Krística vinda de Sírius, vinda de Plêiades e de Alcyone, assim afastando todos os seres universais entre eles irmãos e irmãs de origem e linhagem estelares, enquanto que os seres angelicais como anjos, arcanjos, e os querubins, guardiães do universo aguardavam a ordem expressa do Criador ... Assim sendo este planeta (Terra) tornou-se livre arbítrio e demais planetas ficaram nas mãos dos seres que acreditavam serem deuses dos humanos e de outras espécies da criação.
    De nada serve sabermos, se temos linhagem das águias, dos golfinhos, dos sírianos, dos uranianos, dos pleiadianos, dos andromedanos, dos ganimedianos, dos ceutas, dos vegalianos e tantos outros, se no instante presente ocorre um processo de elevação, e é algo universal, que não distingue raça, cor, religião, crenças, dogmas... E em nada vai nos ajudar a elevarmos e muito menos nos tirar dessa dimensão. Seria uma perda de tempo, as poucas horas terrenas que temos, nos dedicarmos a algo, que só vai atender o ego, a personalidade e ao mental, nos tirando o foco da nossa busca pela espiritualidade. TODOS OS SERES INDEPENDENTES DAS ESCOLHAS QUE FIZERAM NO LIVRE ARBÍTRIO, DE BUSCAR SUA EXPERIÊNCIA NO (MAL/BEM), TODOS SÃO ESPIRITUOSOS, TODOS SÃO SERES DE LUZ, TODOS SÃO AMADOS PELO CRIADOR UNIVERSAL. Então, nestes tempos, meus amigos e minhas amigas, não existem julgamentos, não existe raça a buscar, porque pertencemos ao conjunto do universo.

    ResponderExcluir
  13. Amados, amigos e amigas, a união é a força, todos buscam por respostas, sejam UM... E ajudem com seus conhecimentos e com muita união, essa humanidade tão sofrida a despertar para a sua verdade. Essa é a missão de cada um de nós que se encontra na terra.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...