terça-feira, 15 de outubro de 2019

O Som dos Espermatozóides


Créditos: Mace Sperm Tracker®
Colaboração: Anturius Brasil
Créditos/Pesquisa: Anderson Mace


sábado, 30 de março de 2019

Aparições – Fantasmas, Extraterrestres ou Seres Interdimensionais?


Aparições Reais ou Interpretações Erradas?


Por Gério Ganimedes


Relatos de aparições de seres, luzes, esferas de energia e criaturas do além-mundo correm os arquivos seculares e são registrados das mais diversas formas tecnológicas existentes, todos os dias em cada período de nossa história. Fotografia Kirlian, fotos em preto e branco, fotografias térmicas, vídeos em formato VHS, fotografias digitais desde as de 1.3 mega pixel até as mais capacitadas tecnologias com recursos que partem de um simples celular iPhone a uma câmera profissional de altíssima definição. Pessoas do mundo inteiro registram através dos mais variados equipamentos ópticos e digitais eventos de "aparições" quase que diariamente e compartilham suas visões através das redes sociais.


Óvni deslocando-se naturalmente, a luz do dia, registrado na praia de Imbé/Mariluz
Rio Grande do Sul / 2015 - 13:15 hs

Premissa Maior: Pessoas de bem, compartilham fotos ou vídeos nas redes sociais, apenas depois de terem sido avaliados, interpretados e crivados como algo importante para que o mundo também veja;

Premissa Intermediária: Todo material falso e insignificante é compartilhado com o único propósito de gerar polêmica, se tornar viral e ou gerar receita de visualização - sucesso e dinheiro;

Premissa Superlativa: O que ninguém considera como viral ou algo extraordinário, é o que deve ser levado em conta e analisado detalhadamente, pois contém material precioso, extraordinário e verdadeiro. As reais aparições e eventos significativos são singulares e silenciosos, cobertos por uma névoa acidental que mantém invisível o real e o fato perceptível que ocorreu.

Avistamentos de entidades transmutatórias, luzes em forma de portais, metamorfoses, vultos, santos, anjos. O que são estes seres muitas vezes vistos como “viajantes do tempo”, anjos enviados do Senhor ou vultos negros de forças malignas? Não vimemos numa dimensão única, vivemos em um caleidoscópio de dimensões. Visões acidentais de coisas que não podemos ver, lapsos de tempo, falhas temporais que entre dimensões acidentalmente espiamos sem esperar, sem prever. Muitos veem anjos, outros pessoas que já partiram. Será que partiram ou simplesmente mudaram de dimensão?


As alegrias que carregamos, as dores que sofremos, as perdas que nos são impostas são gravadas em uma célula única da nossa existência e isso é carregado em nossa bagagem energética para qualquer tempo ou dimensão. Dimensão ou universo paralelo existencial? Pulamos frequências, tempo, matéria e vida, através de um pulso único do universo, numa espécie de consciência única que jamais se apaga. Caminhamos juntos nos segundos, nas horas, nos dias ... Anos. Quantos dias reais nossa percepção vislumbra por toda nossa vida? Perdemos a consciência em poucas horas ao perceber um vulto, uma sombra um brilho. Somos "passageiros da chuva" que nem mesmo sabemos quantas são as gotas que nos atingem, quem dirá os mundos que nos cercam.

As múltiplas existências de nosso múltiplo ser através das estrelas, num compartilhamento cósmico que permite ao dom de nossa mente ver as inúmeras, múltiplas, infinitas dimensões e seres viventes de todas as possíveis e impossíveis espécies dimensionais permitidas para existir.


Orbe de energia fotografado sobre a mesa,
em plena luz do dia - Energias incompreendidas


Viver neste mundo, fica subentendido viver ao redor do que existe a nossa volta. Confuso? Não. Você tem paredes em sua casa? Então, os mundos, universos e dimensões também têm. E existem seres permeáveis, caminhantes temporais, interdimensionais que tem o poder, dom ou permissão de ultrapassar estas barreiras, permear estas finas camadas que dividem nossas fronteiras possíveis.




Fantasmas, extraterrestres, seres interdimensionais, fadas, duendes, até onde nossa mente pode identificar? O que são as luzes das aparições, os objetos, qual é sua composição material ou tecnologia? Isso realmente importa? Ou o que tem importância é de onde eles vêm? Somos moradores de um mundo, cercado de milhares outros, dimensões de energia, somos apenas locadores de um espaço multidimensional e temporal.

Você já se perguntou, se não assombrou alguém de outra dimensão? E se em algum momento de raiva ou de alegria você atravessou uma parede para outro universo em seu âmago de  fúria ou de felicidade? Você poderia aparecer para outro ser dimensional como um anjo em outro mundo! E se em seus sonhos você viajou e participou da vida de outro ser de outra dimensão? Já pensou, que você já pode ter sido um extraterrestre para alguém? Que pode ter deixado saudade, medo e sentimentos também? 

Já parou por alguns instantes, para pensar que ao sonhar você se tornou presente, como uma aparição, luz ou ser divino para alguém em outra vida? 



Diz que quando sonhamos repetidas vezes com lugares ou pessoas que ressurgem em nossos sonhos, é porque estamos sendo lembrados em outras dimensões. Será uma conexão interdimensional?

"Podemos ser extraterrestres, intraterrestres, seres dimensionais, anjos e demônios, fadas ou duendes para qualquer mundo, dimensão ou universo, é tudo apenas uma questão do ponto de vista do universo, da dimensão, do tempo e capacidade do observador".

Fiquem bem

Texto: Anderson Mace – Gério Ganimedes
Colaboração: Rosana Santiago

Gério Ganimedes

Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©©

sábado, 9 de fevereiro de 2019

Os Nazistas Teriam Descoberto o Segredo de Stonehenge?


STONEHENGE e o Sino Nazista
Foto-composição: Gério Ganimedes - Anderson Mace e Rosana Santiago


Por Gério Ganimedes


Durante sua campanha militar para dominar o mundo em meio a segunda guerra mundial, os nazistas sob o controle da mente visionária de Adolf Hitler criaram um grupo ou projeto secreto destinado ao estudo das ciências ocultas. Este grupo seleto ou divisão secreta, sob a sombra da suástica, também conhecido como movimento de Misticismo Nazi, literalmente, saiu à caça de toda e qualquer estrutura, relíquia ou local que fornecesse poder e tecnologia mística ou extraterrestre, para que sob seu controle o Terceiro Reich derrotasse completamente seus inimigos e assumissem o controle total do mundo.



Observando de forma distraída, totalmente sem compromisso algum, apenas para enriquecer a mente de ideias, através dos inúmeros episódios da série "Alienígenas do Passado", do grupo de protagonistas que sinto como se estivesse sentado a especular com eles, observei um detalhe que talvez até hoje ninguém tenha percebido, nem meus aliados adeptos da teoria dos antigos astronautas. Durante o episódio que apresenta a possibilidade dos Nazistas estarem desenvolvendo tecnologia avançada baseada em engenharia reversa de naves extraterrestres percebi, num lapso de perca de noção momentânea, ou “brisando” como se diz, que a estrutura "real" apresentada como uma espécie de base de lançamento dos supostos “Sinos Nazistas” era muito parecida com uma estrutura que já tinha visto por centenas, senão milhares de vezes em minhas pesquisas de monólitos megalíticos misteriosos alicerçados na história da Terra.


Lá estava Stonehenge, apenas numa visão e arquitetura moderna, estruturada em concreto e aço bem diferente de sua "irmã", construída com rochas de centenas e milhares de toneladas, adaptada ao tempo, pelo avanço das técnicas da engenharia moderna. Esta estrutura é uma construção aperfeiçoada de Stonehenge uma base de lançamento ou de tecnologia temporal, que não se pode negar, têm inúmeros pontos de semelhança. Uma visão temporal que me fez congelar diante da analogia arquitetônica extraída das lembranças e que estava diante de meus olhos. Será que ninguém se deu conta disso? Hitler estava atrás de tudo que fosse místico, poderoso e ligado a tecnologias extraterrestres, pois ele acreditava nisso. Por quê?  Para ter em mãos poder suficiente e muito além, para derrotar e assumir o controle total do mundo. Nasce uma dúvida, mas certamente até mesmo um grupo seleto de teóricos dos alienígenas do passado ou antigos astronautas ficará pensativo e com certeza entrará em contato comigo.



Crédito: History Channel
ALIENÍGENAS DO PASSADO

Ficam abertas as perguntas ... E as respostas também...


Crédito: History Channel
ALIENÍGENAS DO PASSADO

Teria o Terceiro Reich e Adolf pessoalmente descoberto o segredo de Stonehenge? Teriam os Nazis, encontrado a tecnologia extraterrestre, complemento de funcionamento da plataforma de lançamento STONEHENGE? Comparando as estruturas e tecnologias encontradas pelo grupo seleto de Hitler, poderiam os nazistas ter o domínio completo da tecnologia e a própria metodologia de construção de uma plataforma de abertura de algum tipo de portal dimensional ou máquina do tempo?  Teria Hitler em sua visão, prefiro dizer tato, pois ele teve em suas mãos esta tecnologia extraterrestre, utilizando-se desta mecânica avançada alienígena, viajado no tempo e vislumbrado todas as tentativas para matá-lo? E por isso mesmo, todas foram sem sucesso? Compare as imagens apresentadas nesta matéria enquanto lhes digo,

Fiquem Bem.

Giorgio Tsoukalos, esta postagem é para você...

Texto e teoria: Gério Ganimedes – Anderson Mace
Colaboração e Divulgação: Rosana Santiago


Gério Ganimedes
Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©©

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

A Nova Terra e o Efeito Peltier


O Dia Depois de Amanhã - Créditos:  20th Century Fox


Por Gério Ganimedes


O Efeito Peltier descoberto em 1834 também conhecido como força eletromotriz de Peltier resultou em uma tecnologia de troca térmica curiosa (frio e calor de um lado para outro em elementos semicondutores diferentes). O efeito ocorre quando a energia atravessa estes componentes semicondutores fazendo com que temperaturas extremas e contrárias ajam sobre placas opostas, trocando a energia térmica gerada de um lado para outro, ou seja, se você alimentar uma pastilha especia termoelétrica (semicondutora ou par Peltier) ou ainda "bomba de calor" como também é conhecida, se o lado da pastilha que esquenta excessivamente for refrigerado por um cooler ou ventilador, por exemplo, faz com que o outro lado resfrie bruscamente, descendo vários graus na escala Celsius. 


Pastilha Peltier - De um lado calor ... Do outro frio

Este tipo de componente é muito usado para equipar pequenos refrigeradores portáteis por não conter peças móveis e por serem alimentadas com tensões da ordem de 12 Volts consumindo pouca energia. Bem, expliquei como funciona o Efeito Peltier, agora vamos ao efeito analógico em nosso planeta.


Frio extremo congela as Cataratas do Niágara
Foto/Crédito: Revista Exame

A grande maioria das pessoas, inclusive o presidente americano Donald Trump, parecem não compreender como pode as pessoas falarem em aquecimento global e os estados unidos e outros países do continente norte americano e Europa estarem com temperaturas congelantes na ordem de -40 graus Celsius. Então, pretendo nesta postagem esclarecer o porquê dos eventos climáticos, através da introdução desta matéria e desta analogia de um efeito há muito conhecido. Podemos chamar este evento climático de Efeito Peltier, ou seja, quando a temperatura do oceano sobe poucos graus, mesmo que para a interpretação de leigos seja muito pouco, gera uma modificação do outro lado da placa semicondutora da Terra, fazendo com que as correntes de vento do planeta mudem de direção para tentar equilibrar as temperaturas alteradas, o que não ocorre corretamente, causando uma troca entre as "pastilhas de Peltier terrestre"  gerando um resfriamento significativo e brusco. É o que vem ocorrendo em nosso mundo e que deve piorar com o aumento das temperaturas da superfície das águas oceânicas. Em nosso laboratório hipotético, simulado através da teoria de base do Efeito Peltier, teremos eventos climáticos bruscos, onde ondas de calor e ondas de frio contrárias deverão se intensificar nos próximos anos (10 anos pelo andar da carruagem) piorando ainda mais o raciocínio de intelectos como o do presidente dos EUA. 

As mentes pensantes das superpotências "evoluídas" deveriam pensar a respeito, e se atualizarem cientificamente para evitar uma catástrofe Dantesca de uma "nova era do gelo" em todo o planeta. Analisando a carta climatológica atual e crivando os dados dos sensores oceânicos, minha opinião científica de quem estuda o clima há mais de 30 anos não é nada otimista para o cenário dos países norte americanos e norte da Europa dentro dos próximos 10 anos. "Ondas de calor infernais e gelo de congelar a alma" até culminar numa estabilização climática planetária uniforme de congelamento global.


Se a espécie humana não fizer nada de positivo para intervir ou deixar sua ignorância prevalecer, teremos muito em breve um cenário típico de ficção científica. Gélido, desértico, num planeta dividido entre o caos sombrio do gelo e desertos inóspitos com suas superfícies inabitáveis atacadas agressivamente pelos raios ultravioletas do sol que penetrarão sem piedade através de nosso escudo de proteção (magnetosfera) enfraquecido por anos de bombardeio dos ventos solares e por interferência climática humana ininterrupta ao longo de anos sem deixar a crosta do planeta e sua atmosfera se recuperar de um câncer que se tornou terminal.

Pensem a respeito enquanto lhes digo ... Fiquem bem

Postagem dedicada a meus amigos do Projeto Antúrio

Texto: Anderson Mace
Colaboração e divulgação: Rosana Santiago

Gério Ganimedes
Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©©

domingo, 3 de fevereiro de 2019

Círculo Perfeito de Grandes Dimensões Aparece nas Imagens fornecidas pela ISS


Observe o círculo no lado esquerdo, na ponta da seta.
No centro da imagem o detalhamento ampliado (Clique na foto para ampliar).



Por Gério Ganimedes


03 de fevereiro de 2019 às 12h42min PM uma formação circular perfeita, mais parecendo um “estádio de futebol” chamou a atenção nas imagens fornecidas pelas câmeras da Estação Espacial Internacional (ISS). Capturei a imagem por acaso, pois tenho o costume de tempos em tempos de observar as imagens fornecidas pelo “live stream da NASA”. Como sempre faço quando vejo algo interessante, tirei um “Print Screen” da tela e depois fiz a análise com ampliação da imagem. Esta em particular me aguçou os sentidos, por isso publiquei a imagem porque gostaria muito, que se possível, algum engenheiro físico ou matemático através de conversões de escalas pudesse calcular e nos dizer, quantos quilômetros de diâmetro têm esta formação circular perfeita ou objeto sólido que a meu ver não é uma formação natural criada pela atmosfera, nuvens ou mesmo por pareidolia do observador.

Texto: Anderson Mace – Gério Ganimedes
Colaboração e Divulgação: Rosana Santiago

Gério Ganimedes
Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©©

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Pirâmides - As Megalíticas Usinas Magnéticas Extraterrestres

Pirâmide de Gizé - Egito

Por Gério Ganimedes


Caminhando contra as pesquisas e conclusões de muitos arqueólogos e egiptólogos, de que as pirâmides do Egito foram construídas para sepultar seus faraós conservando seus corpos e protegendo seus tesouros para outra vida e com base em estudos recentes que afirmam que em nenhuma delas foram encontradas múmias em seu interior, e ainda, que nenhum hieróglifo egípcio foi encontrado nas passagens secretas das pirâmides narrando qualquer intensão ou motivo que explique suas construções e por fim apoiado na apresentação de artigos científicos por datação interna das rochas que compõem as grandes maravilhas, me arrisco a afirmar que na verdade as pirâmides egípcias têm muito mais de 12 mil anos de idade e que não foram construídas pelos egípcios como aprendemos na escola, e sim, construídas há milhares de anos antes dos egípcios por seres extraterrestres que aqui estiveram e as utilizavam como grandes usinas energéticas com potências incomensuráveis até mesmo para nossa avançada eletrônica da atualidade. Os egípcios foram meros “aproveitadores” desta arquitetura herdada e criaram sua sociedade baseados na sua interpretação favorável do que encontraram. Assim criaram uma sociedade dominadora e escravizaram seu povo tomando posse e estruturando sua classe como os grandes “espertalhões da história” que foram aproveitando-se de construções extraterrestres deixadas para trás sem sequer saber sua real finalidade.


PIRÂMIDE DE BOROBUDUR - ÍNDIA
  
São inúmeras as teorias que falam sobre a real finalidade destas construções incríveis, gigantescas e misteriosas edificadas por todos os continentes da Terra. Quem as construiu? Qual foram os engenheiros extraterrestres que as projetaram e as gabaritaram no mesmo padrão de construção por todo o planeta? De onde vieram e por quais razões as construíram?  Eu como defensor da teoria dos antigos astronautas afirmo que seus construtores vieram das estrelas e por algum motivo as deixaram aqui.

Estas mega construções que comprovadamente por suas grandezas arquitetônicas teriam segundo arqueólogos, “consumido anos” para que os homens da época as edificassem tiveram e ainda podem ter um propósito muito maior do que servir apenas como templos sagrados deixados aqui para eternizar uma civilização. Para mim é claro, e não é mais segredo para ninguém que estas estruturas exercem um tipo de ação energética dentro delas e ao seu redor. Então, poderíamos nos arriscar em dizer, que estas construções serviam à outra finalidade, como espécie de dispositivo gerador de campos magnéticos ou reatores de campo eletromagnético, construídas e posicionadas estrategicamente, ou melhor, matematicamente, para cumprir uma função de vital importância para manter uma sociedade extraterrestre avançada tecnologicamente que aqui habitou. Vou mais além, e me arrisco a crivar uma teoria de que elas têm ainda uma função adicional e extraordinária de equilibrar a rotação e translação do planeta. Estas mega construções megalíticas criadas por seus projetistas extraterrestres foram desenvolvidas para manter o planeta e sua estabilidade gravitacional no complexo sistema astronômico.



Teorias e provas de eventos Óvnis e Extraterrestres
Gério Ganimedes - Anderson Mace
Cena da Série: De Carona com os Óvnis - History Channel

Acredito e baseio minha teoria na própria história do planeta. Em razão da grande diversidade de condições inóspitas que a Terra atravessou por eras de gelo fogo, grandes inundações e acomodação ininterruptas de placas tectônicas, culminando com a separação geológica dos continentes é comprovado que este planeta não é tão estável como parece, então com todos estes fatores corroborando com certeza, sempre colocaram a nosso mundo na condição de risco gravitacional. Minha teoria é que os extraterrestres que aqui estiveram conseguiram através da criação de um “cinturão energético” por meio destas mega estruturas equilibrar nosso mundo. Construíram as pirâmides matematicamente com a função de “balancear” as forças cósmicas que regem a vida do planeta, pois sabiam dos riscos das modificações geoestacionárias.

Figura A

Fazendo uma analogia simplificada, para uma melhor compreensão da teoria apresentada, compare o conteúdo com a mecânica dos automóveis. É como se você levasse seu automóvel para fazer um balanceamento de rodas, porque seu veículo está apresentando tremores e desvios de direção, porque os pneus estão girando de maneira anômala. Desgastes irregulares na estrutura externa e interna do pneu causam esse comportamento anormal. Neste caso o técnico contratado para corrigir o problema posiciona uma espécie de contrapeso (uma pequena peça de chumbo Figura A) presa ao aro da roda que tem a função de corrigir a forma como o pneu deve girar, equilibrando todo o sistema de curso e deslocamento do automóvel.



Na região da Linha do Equador (linha imaginária que resulta da intersecção da superfície da Terra com o plano que contém o seu centro e é perpendicular ao eixo de rotação), nosso planeta apresenta uma leve “barriguinha” resultado do achatamento do globo terrestre. Observando a figura abaixo e como forma de ilustrar a teoria de que extraterrestres inteligentes programaram as pirâmides para “equilibrar” o planeta, veja que, espalhadas pelo mundo às pirâmides foram construídas em várias localizações entretanto respeitando uma espécie de cinturão que "abraça" o globo terrestre.
  



Curiosamente, o Cinturão de pirâmides fica exatamente  acima da "barriguinha" da Terra, acima da linha do Equador - crédito: Gério Ganimedes - Anderson Mace
Teriam nossos ancestrais, dignamente extraterrestres, espalhado tecnologia de manutenção gravitacional matematicamente para estabilizar o planeta escolhido por eles como moradia? 

Estes geradores alinhados perfeitamente a pontos de conjunção universal estariam conectados a algum tipo de canal ou feixe energético originado nas estrelas da constelação de Órion? Seria uma espécie de malha  para conexão e transferência para equilibrar e manter o planeta girando dentro de padrões matemáticos constantes da física cósmica? Que tipo de feixe energético pulsa proveniente de Siriús e Orion estaria sintonizado como uma estação de rádio controle com estas misteriosas construções? Observa-se que apenas alteram detalhes de requinte arquitetônico de acordo com a região cultural onde foram edificadas. Existiria uma conexão magnética destas estruturas colossais com o núcleo de nosso planeta?

Não há mais dúvidas de que estas pirâmides abrigaram e ainda guardam segredos tecnológicos de outros mundos e que de alguma forma ainda liberam uma energia desconhecida de nós. Estes mega geradores alienígenas conteriam em seu núcleo a carga genética arquitetônica de alienígenas que aqui estiveram e deixaram para trás, não apenas suas usinas, mas também a tecnologia magnética e mecânica que ainda hoje matem nosso mundo equilibrado?


  Órion refletida nas pirâmides do Egito
Coincidência Astronômica com a engenharia extraterrestre?

Penso que as pirâmides não são apenas meras formas arquitetônicas com o objetivo de perpetuar a grandeza e o poder de Deuses ou líderes de grandes civilizações da história e nem mesmo túmulos ou câmaras mortuárias indestrutíveis para conservar corpos mumificados, mas sim grandes geradores de energia que mantiveram uma sociedade avançada tecnologicamente mantendo o planeta estável e em equilíbrio dentro do incomensurável e infinito sistema cósmico. 

Com toda certeza tivemos mais uma vez a presença de TESLA
nos mistérios da Terra

Qual o propósito maior destes construtores extraterrestres? Manter sua sociedade em sua passagem por aqui e depois simplesmente partirem, deixando suas obras para trás? Ou talvez, como simples colecionadores de vida, quem sabe tutores benevolentes que desejavam perpetuar sua prole de escravos, para um objetivo ou um projeto muito maior, ainda desconhecido de nós?

Chichén Itzá - Yucatan / México
Se estas mega estruturas ainda trabalham de forma misteriosa para manter equilibrado nosso mundo, até quando suportarão as modificações bruscas que estamos sofrendo? Existirão forças de outros mundos conectados a elas? Será necessário que seus verdadeiros construtores voltem para ajustar sua tecnologia? Ou serão apenas, mais uma vez, as únicas ruínas eternizadas de mais uma extinção que sofreremos?


Texto:  Gério Ganimedes - Anderson Mace
Colaboração e divulgação: Rosana Ganimedes

Gério Ganimedes
Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©©

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Mensagens Cósmicas ou Sintonização de Rádios Extraterrestres?

Salão da Terra: Uma sala impressionante construída
na 'sobrenatural' visão de seu criador

Por Gério Ganimedes


Itália - Templos Secretos Escondidos debaixo da Rocha

Templos secretos de uma excentricidade e paranormalidade impressionantes estão escondidos abaixo do solo. Seriam estes templos belíssimos, a Oitava Maravilha do Mundo?

Escondidos no sopé dos Alpes, ao norte da Itália, a trinta quilômetros da antiga cidade de Turim, obras de uma beleza incomum, estão secretamente escondidas no vale de Valchiusella. O local é salpicado com pequenas aldeias medievais, o cenário é certamente uma encosta pitoresca, mas é nas profundezas do subsolo, enterrados na antiga rocha, que estão escondidas as maiores maravilhas da região.


As decorações da janela tem um tema de vitrais de igreja

Neste local, trinta metros abaixo da terra e escondido da opinião pública, encontra-se um segredo surpreendente, que tem levado a comparações, com a cidade perdida de Atlantis e tem sido apelidado de "A Oitava Maravilha do Mundo" pelo governo italiano.


A cúpula de vidro gigante do Salão dos Espelhos

Tecendo seu caminho por baixo da encosta, nove templos ornamentados, em cinco níveis, cuja escala e opulência são de tirar o fôlego. Construídos como um livro tridimensional, narrando a história da humanidade, elas estão ligadas por centenas de metros de túneis ricamente decorados e ocupam quase 8.500 metros cúbicos.

  
Tempo do Jogo: As crianças parecem felizes no ambiente 
incrível e poucos receberam permissão para ver estas maravilhas.

Na verdade, o governo italiano não estava mesmo ciente de sua existência até alguns anos atrás, mas os "templos de Damanhur" não são o grande legado de uma civilização há muito perdida, eles são o trabalho de um corretor de seguros de 57 anos do norte da Itália, que, inspirado por uma visão de sua infância, começou a escavar na rocha.

Tudo começou no início dos anos sessenta, quando Oberto Airaudi estava com dez anos. Desde cedo, ele alega ter visões experientes do que ele acreditava ser uma vida passada, em que havia templos incríveis. Em torno destes sonhos vivia uma comunidade altamente evoluída, que desfrutou de uma existência idílica em que todas as pessoas trabalhavam para o bem comum.

Mais estranhamente ainda, Oberto parecia ter tido uma habilidade sobrenatural: "O dom da visão remota" - a capacidade de viajar em sua mente, para descrever em detalhes o conteúdo de qualquer construção, edificação ou arquitetura.

Meu objetivo, era recriar os templos de minhas visões”, diz ele.

Oberto - que prefere usar o nome de “Falco” - começou por cavar um buraco abaixo da casa de seus pais, para compreender totalmente os princípios da escavação.

 
A câmara dos segredos: Abaixo desta casa é o templo Damanhurian que é um dos maiores complexos de templos em todo o mundo, mas foi só quando ele começou uma carreira bem sucedida como um corretor de seguros que ele começou a procurar o local perfeito.

Em 1977 ele escolheu uma encosta remota onde tinha a percepção que a rocha iria sustentar as estruturas que ele tinha em mente para construir.

A casa foi construída na encosta e Falco foi morar com vários amigos que compartilhavam sua visão. Utilizando martelos e picaretas, eles começaram a cavar para criar seus templos de Damanhur - com o nome da Cidade significado antigo templo egípcio subterrâneos da Luz (em agosto de 1978).

Sem que uma permissão de planejamento, tivesse sido concedida, ele decidiu compartilhar suas idéias e esquemas de construção somente com povo local.

Voluntários de varias localidades se reuniram e trabalharam em turnos de quatro horas durante 16 anos sem planos, plantas específicas formais, nada além dos esboços das visões de Falco, incluindo também seu esquema de financiamento através da criação de pequenas empresas para servir a comunidade local. Em 1991, várias das nove câmaras foram quase completadas com murais impressionantes, mosaicos, estátuas, portas secretas e vitrais, entretanto o tempo estava a esgotar-se no segredo.

A primeira vez que a polícia chegou ao local sob o mandato de uma suposta evasão fiscal ainda não tinha descoberto os templos, mas um ano depois, a polícia fez os trabalhos serem interrompidos, exigindo: “Mostre-nos esses templos ou vamos dinamitar o morro inteiro”.

Falco e seus colegas, cumpriram a ordem e abriram a porta secreta para revelar o que havia embaixo. Três policiais do Ministério Público entraram hesitantes, mas como eles, tiveram que inclinar-se para entrar no primeiro templo no
Salão da Terra - seus queixos caíram. Dentro havia uma câmara circular medindo oito metros de diâmetro.

 

Pinturas egípcias: a arte Damanhurian é muito influenciada 
pelos Egípcios e Celtas


Salão das Esferas
 
Uma coluna central esculpida, representando um homem e uma mulher em três dimensões, apoiando um teto de vidro primorosamente pintado. O grupo surpreendeu-se e circulando o local encontrou colunas esculpidas cobertas com folhas de ouro.  As colunas tem mais de oito metros de altura. Atordoados com o que haviam encontrado, as autoridades decidiram aproveitar os templos em nome do governo.


Arquitetura impecável dos corredores 
que interligam os salões 

“No momento em que eles tinham visto todas as câmaras, nos disseram para continuar com as obras de arte, mas para cessar a construção, já que não tinha sido concedida uma permissão de planeamento”, disse Ananas Esperide, que escreveu um novo livro chamado Damanhur, templos da humanidade”.

Uma Permissão retrospectiva foi finalmente concedida e hoje o 'Damanhurians' até tem sua própria universidade, escolas, supermercados orgânicos, vinhas, quintas, padarias e casas ecológicas e apesar de seus templos se tornaram o foco para meditação em grupo, eles não o adoram como um líder espiritual.

“Eles são para lembrar as pessoas que todos nós somos capazes de muito mais do que imaginamos e que tesouros escondidos podem ser encontradas dentro de cada um de nós uma vez que você sabe como acessá-los”, diz Falco.


Este salão nos trás uma sensação clássica grega


"Somos um rádio cósmico, de varias bandas de frequência, basta um acerto no sintonizador, que canalizamos uma estação, e a partir dela, transmitimos aquilo que nos é passado pelo tempo, pelos seres ou pelo espaço".  

Gério Ganimedes


Pesquisa e texto: Gério Ganimedes - Anderson Mace
Colaboração e Divulgação: Rosana Santiago



Gério Ganimedes
Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©©

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...