segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Mensagens Cósmicas ou Sintonização de Rádios Extraterrestres?

Salão da Terra: Uma sala impressionante construída
na 'sobrenatural' visão de seu criador

Por Gério Ganimedes


Itália - Templos Secretos Escondidos debaixo da Rocha

Templos secretos de uma excentricidade e paranormalidade impressionantes estão escondidos abaixo do solo. Seriam estes templos belíssimos, a Oitava Maravilha do Mundo?

Escondidos no sopé dos Alpes, ao norte da Itália, a trinta quilômetros da antiga cidade de Turim, obras de uma beleza incomum, estão secretamente escondidas no vale de Valchiusella. O local é salpicado com pequenas aldeias medievais, o cenário é certamente uma encosta pitoresca, mas é nas profundezas do subsolo, enterrados na antiga rocha, que estão escondidas as maiores maravilhas da região.


As decorações da janela tem um tema de vitrais de igreja

Neste local, trinta metros abaixo da terra e escondido da opinião pública, encontra-se um segredo surpreendente, que tem levado a comparações, com a cidade perdida de Atlantis e tem sido apelidado de "A Oitava Maravilha do Mundo" pelo governo italiano.


A cúpula de vidro gigante do Salão dos Espelhos

Tecendo seu caminho por baixo da encosta, nove templos ornamentados, em cinco níveis, cuja escala e opulência são de tirar o fôlego. Construídos como um livro tridimensional, narrando a história da humanidade, elas estão ligadas por centenas de metros de túneis ricamente decorados e ocupam quase 8.500 metros cúbicos.

  
Tempo do Jogo: As crianças parecem felizes no ambiente 
incrível e poucos receberam permissão para ver estas maravilhas.

Na verdade, o governo italiano não estava mesmo ciente de sua existência até alguns anos atrás, mas os "templos de Damanhur" não são o grande legado de uma civilização há muito perdida, eles são o trabalho de um corretor de seguros de 57 anos do norte da Itália, que, inspirado por uma visão de sua infância, começou a escavar na rocha.

Tudo começou no início dos anos sessenta, quando Oberto Airaudi estava com dez anos. Desde cedo, ele alega ter visões experientes do que ele acreditava ser uma vida passada, em que havia templos incríveis. Em torno destes sonhos vivia uma comunidade altamente evoluída, que desfrutou de uma existência idílica em que todas as pessoas trabalhavam para o bem comum.

Mais estranhamente ainda, Oberto parecia ter tido uma habilidade sobrenatural: "O dom da visão remota" - a capacidade de viajar em sua mente, para descrever em detalhes o conteúdo de qualquer construção, edificação ou arquitetura.

Meu objetivo, era recriar os templos de minhas visões”, diz ele.

Oberto - que prefere usar o nome de “Falco” - começou por cavar um buraco abaixo da casa de seus pais, para compreender totalmente os princípios da escavação.

 
A câmara dos segredos: Abaixo desta casa é o templo Damanhurian que é um dos maiores complexos de templos em todo o mundo, mas foi só quando ele começou uma carreira bem sucedida como um corretor de seguros que ele começou a procurar o local perfeito.

Em 1977 ele escolheu uma encosta remota onde tinha a percepção que a rocha iria sustentar as estruturas que ele tinha em mente para construir.

A casa foi construída na encosta e Falco foi morar com vários amigos que compartilhavam sua visão. Utilizando martelos e picaretas, eles começaram a cavar para criar seus templos de Damanhur - com o nome da Cidade significado antigo templo egípcio subterrâneos da Luz (em agosto de 1978).

Sem que uma permissão de planejamento, tivesse sido concedida, ele decidiu compartilhar suas idéias e esquemas de construção somente com povo local.

Voluntários de varias localidades se reuniram e trabalharam em turnos de quatro horas durante 16 anos sem planos, plantas específicas formais, nada além dos esboços das visões de Falco, incluindo também seu esquema de financiamento através da criação de pequenas empresas para servir a comunidade local. Em 1991, várias das nove câmaras foram quase completadas com murais impressionantes, mosaicos, estátuas, portas secretas e vitrais, entretanto o tempo estava a esgotar-se no segredo.

A primeira vez que a polícia chegou ao local sob o mandato de uma suposta evasão fiscal ainda não tinha descoberto os templos, mas um ano depois, a polícia fez os trabalhos serem interrompidos, exigindo: “Mostre-nos esses templos ou vamos dinamitar o morro inteiro”.

Falco e seus colegas, cumpriram a ordem e abriram a porta secreta para revelar o que havia embaixo. Três policiais do Ministério Público entraram hesitantes, mas como eles, tiveram que inclinar-se para entrar no primeiro templo no
Salão da Terra - seus queixos caíram. Dentro havia uma câmara circular medindo oito metros de diâmetro.

 

Pinturas egípcias: a arte Damanhurian é muito influenciada 
pelos Egípcios e Celtas


Salão das Esferas
 
Uma coluna central esculpida, representando um homem e uma mulher em três dimensões, apoiando um teto de vidro primorosamente pintado. O grupo surpreendeu-se e circulando o local encontrou colunas esculpidas cobertas com folhas de ouro.  As colunas tem mais de oito metros de altura. Atordoados com o que haviam encontrado, as autoridades decidiram aproveitar os templos em nome do governo.


Arquitetura impecável dos corredores 
que interligam os salões 

“No momento em que eles tinham visto todas as câmaras, nos disseram para continuar com as obras de arte, mas para cessar a construção, já que não tinha sido concedida uma permissão de planeamento”, disse Ananas Esperide, que escreveu um novo livro chamado Damanhur, templos da humanidade”.

Uma Permissão retrospectiva foi finalmente concedida e hoje o 'Damanhurians' até tem sua própria universidade, escolas, supermercados orgânicos, vinhas, quintas, padarias e casas ecológicas e apesar de seus templos se tornaram o foco para meditação em grupo, eles não o adoram como um líder espiritual.

“Eles são para lembrar as pessoas que todos nós somos capazes de muito mais do que imaginamos e que tesouros escondidos podem ser encontradas dentro de cada um de nós uma vez que você sabe como acessá-los”, diz Falco.


Este salão nos trás uma sensação clássica grega


"Somos um rádio cósmico, de varias bandas de frequência, basta um acerto no sintonizador, que canalizamos uma estação, e a partir dela, transmitimos aquilo que nos é passado pelo tempo, pelos seres ou pelo espaço".  

Gério Ganimedes


Pesquisa e texto: Gério Ganimedes - Anderson Mace
Colaboração e Divulgação: Rosana Santiago



Gério Ganimedes
Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©©

domingo, 27 de janeiro de 2019

A arquitetura de templos religiosos e uma estreita analogia com óvnis

Arte Bizantina



Por Gério Ganimedes


A Igreja evoluiu, as religiões evoluíram, em vários aspectos, porém um das características que sempre me chamou a atenção e resolvi dedicar meu tempo, foi na arquitetura adotada pela igreja e seus construtores através do tempo. Vocês podem estar se perguntando. Mas porquê eu estaria falando deste tipo de assunto num blog de ufologia e astronomia? Arquitetura de templos religiosos?

 Detalhes da iluminação da cúpula de uma catedral

Não é de hoje, que os mais famosos arquitetos da história tiveram sua glória podendo mostrar sua verdadeira genialidade e arte através da construção de templos, mosteiros, basílicas e cúpulas religiosas.

 Basílica de Yamoussoukro - Costa do Marfim

Porém, com o avanço da tecnologia, das artes, da engenharia e da própria arquitetura, aqui exposta, muitos construtores, engenheiros, arquitetos e projetistas adotaram formas novas e traços arquitetônicos modernos para construção destas obra-primas templárias e históricas, entretanto, se olharmos a nossa volta muitas das igrejas mantém o clássico domo, que se atentarmos para seus formatos, detalhes de aberturas luminosas e adornos, encontraremos muitas das características descritas por testemunhas de avistamentos de não só óvnis, mas de naves aterrissadas e observadas de perto, tanto em contatos de segundo como terceiro grau.

 Domo da Rocha - Jerusalem

Observem o domo ou cúpula clássica de uma catedral, não falo apenas das igrejas católicas, mas sim de templos e basílicas em geral, de vários lugares do mundo e das mais diversas religiões, todas as grandes obras, vamos dizer, centralizadoras ou marcos referencias, foram construídos com detalhes muitas vezes louváveis de perfeição, comparadas a relatos detalhados de espaçonaves extraterrestres.

 Catedral de Berlim Alemanha com sua "Nave" Iluminada

Podemos observar isto tanto no passado magnífico de cúpulas como as da antiga e adorável basílica de Santa Sofia em Istambul – antiga cidade de referência ao imperador romano Constantino, Constantinopla, igrejas modestas e catedrais na Itália, Vaticano ( Basílica de São Pedro), Rússia, Brasil e centenas de outros países. 

 Santa Sofia - Istambul

Santa Sofia (Interior da Nave) - Istambul

Todas estas magníficas construções, ricas em minúcias, podem quem sabe, ter um fator muito mais profundo em suas formas, para talvez perpetuar uma presença divina de deuses, ou seres de outros mundos, que aqui estiveram no passado. Além do que, curiosamente no meio arquitetônico religioso, o domo de uma catedral, é chamado de “NAVE”.



Imagens vindas dos livros, mais detalhados sobre arquitetura e arte, sugerem não só uma semelhança com naves em sua forma física, mas também no aspecto de iluminação e grandiosidade.
 
Não quero com este post criar, de forma alguma, um desequilíbrio de idéias religiosas, pois este não é o propósito do Projeto Quartzo Azul, mas quero sim, levantar a hipótese de que, talvez, e isso eu acredito, a igreja, detém em seu poder o significado real de uma arquitetura de formas tão próximas as centenas, senão milhares de relatos tanto históricos, como atuais, de nossos irmãos das estrelas e suas fantásticas máquinas voadoras.

Manteria a igreja, em segredo, por todos estes anos, o mistério de nossa origem, bem diante de nossos olhos?

  Papa Bento XVI falando com astronautas da NASA

Temos acompanhado, ultimamente, uma preocupação, digamos, muito grande e até suspeita, da igreja em suas relações científico-teológicas, com agências espaciais, não só americanas, como de outros países também, sobre a "possibilidade" de vida extraterrestre. 

Quem sabe ainda não veremos descer do céu um grande "domo iluminado" que nos fará lembrar centenas de outros já bem fixados em alicerces aqui na Terra?

 Ovni registrado na Inglaterra - crédito: Area51
... Mais um Ovni em forma de Domo


"Resgatar a silenciosa e implacável linguagem dos fatos, nos faz ver muitas vezes, a explicação mais correta do que estava bem diante de nossos olhos no entanto, não enxergávamos ..." 


Texto: Gério Ganimedes - Anderson Mace
Colaboração e divulgação: Rosana Santiago

Gério Ganimedes
Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©©

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

ÓVNI / UFO Registrado nos céus de Canoas / RS - Brasil

Foto do óvni / créditos: Fernanda G. Canoas / RS - Brasil
Foto com recurso de aproximação / Moldura Edição: Anderson Mace



Fotograma do vídeo em análise - Edição: Anderson Mace

Através do olhar atento de um integrante, pesquisador e ufólogo do Projeto Quartzo Azul Maurício G. morador da cidade de Canoas região metropolitana de Porto Alegre, estado do Rio Grande do Sul - Brasil, recebemos um registro que penso ser muito interessante compartilhar, até mesmo para "espelhar", talvez, com outros observadores que podem no mesmo horário terem visto este mesmo objeto com formato "cápsula", de cor branca intensa, que se deslocava pelos céus da cidade de Canoas. A foto e o vídeo abaixo foram registrados no dia 24 de janeiro de 2019 (quinta-feira) às 20 horas e 7 minutos por Fernanda G.


V COMAR - CANOAS / RS - Brasil

O céu da cidade de Canoas sempre foi cenário de aparições de objetos voadores não identificados e o que torna estas aparições e registros confiáveis é a determinante experiência dos moradores da cidade em ver aviões comerciais e jatos militares circulando pelo espaço aéreo, tanto pela proximidade do Aeroporto Internacional Salgado Filho como principalmente pela posição quase central da Base Aérea ou V COMAR. Quem está acostumado a ver aeronaves militares e comerciais cruzando diariamente o céu da cidade reconhece facilmente quando trata-se de um Objeto Voador Não Identificado (ÓVNI ou UFO) e por esta razão, estamos divulgando a foto e o vídeo deste registro que com certeza será adicionado a casuística da região metropolitana de Porto Alegre.


Vídeo/Crédito: Fernanda G.
Divulgação e Distribuição: Maurício PQA Canoas / RS



Créditos Vídeo: Fernanda G. Canoas / RS - Brasil
Créditos Foto: Fernanda G. Canoas / RS - Brasil
Colaboração e distribuição de imagens: Maurício - PQA Canoas / RS - Brasil
Divulgação: Rosana Santiago
Texto e edição de imagens: Anderson Mace

Gério Ganimedes
Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©©


sábado, 19 de janeiro de 2019

Óvni deixa rastros intrigantes nos céus do litoral do Rio Grande do Sul


De Carona com os ÓVNIS - Episódio Tramandaí e Cidreira / RS

Anderson Mace e Fred Morsch

Encontrado substrato da queima ou propulsão de objeto
 voador não identificado?



A postagem abaixo, publicada no dia 29 de outubro de 2014, relativa ao conteúdo do programa apresentado pelo History Channel no dia 18/01/2019 às 21h30m apresenta detalhes completos das consequências do evento Óvni ocorrido nos céus de Tramandaí / RS no dia 24 de outubro de 2014.   



Durante 30 minutos um objeto voador não identificado 
desenhou nos céus do Litoral do Rio Grande do Sul - Tramandaí / RS - Brasil


Por Gério Ganimedes

Após uma misteriosa onda de morte de animais marinhos, que atingiu a praia de Tramandaí, localizada no litoral norte do Rio Grande do Sul, um Objeto Voador Não Identificado apareceu durante o dia deixando rastros espetaculares registrados a grande altitude no céu azul da costa litorânea gaúcha.  As fotos e as imagens gravadas foram registradas por mim, no dia 24 de outubro de 2014 entre 12h30m e 13h00m.  Eu e a Rosana estávamos de férias na praia de Tramandaí e acompanhamos uma série de aparições que começaram na noite do dia 23 de outubro. Antes das aparições dos ÓVNIS aconteceu um fenômeno no mínimo estranho. Uma grande variedade de espécies marinhas apareceram mortas nas areias da praia. Filhote de golfinho, lobo marinho, pinguins, peixes e aves aquáticas. Um lobo-marinho encontrado por nós, ainda com vida, apresentou sinais de desorientação e cansaço.  Analisamos os animais minuciosamente e não encontramos nenhum sinal de ferimentos causados por redes ou outro tipo de ferramentas de pesca, o que parece comprovar que estão morrendo por conseqüência das grandes variações climáticas que avançam de forma agressiva, causadas talvez pela intensa atividade solar. Níveis altos na escala Celsius demonstram que algo de muito grave está acontecendo em nosso planeta. O Sol está mostrando, através da análise de imagens fornecidas pelas sondas que estudam detalhadamente nossa estrela, que uma onda de alteração significativa alterou o comportamento do sol e consequentemente afeta a Terra.


Rosana e Gério Ganimedes
Pinguim morto sem causas aparentes / Várias espécies marinhas mortas - Tramandaí / RS - Brasil


Qual a conexão entre a aparição dos óvnis, a atividade solar e a mortandade de animais no litoral gaúcho?

Rosana Ganimedes
Golfinho morto sem causas aparentes - Tramandaí / RS - Brasil

Observação: Entramos em contato com o IBAMA para informar sobre os animais marinhos mortos e os que ainda estavam com vida, mas eles não demonstraram interesse sobre os eventos relatados. Apenas disseram para não se aproximarem dos animais ainda com vida.

Rosana Ganimedes
Lobo marinho desorientado e exausto - Tramandaí / RS - Brasil

Os Óvnis registrados dois dias depois de encontrarmos uma grande variedade de espécies aquáticas mortas na região litorânea, teriam alguma relação com os eventos? Estariam “eles” mostrando as caras para alertar o que pode ser uma catástrofe de nível global? Analisamos as fotos e os vídeos não identificamos nas imagens nenhuma característica de aeronave terrestre.  O óvni, apesar de deixar rastros, fez manobras impossíveis até mesmo para aviões a jato das forças armadas. Observem as imagens e vocês irão constatar que o objeto que se desloca, parecendo deixar algo “escrito” no céu, está invisível. Em apenas uma das imagens conseguimos perceber que existia algo sólido à frente do rastro branco que parecia se formar por um único fluxo de propulsão. Em alguns instantes ele parecia saltar em alta velocidade. Depois de sumir entre as nuvens o céu que serviu de cenário para esta aparição ficou carregado de nuvens, aparentemente formadas pela descarga de propulsão do Óvni.



Foto editada com contraste intensificado e brilho reduzido

Foto editada com detalhe do óvni na frente do rastro

Céu no litoral logo após a aparição do óvni
Rastros se transformaram em nuvens
Chemtrail de Óvni?

Há algo de podre no ar. Temperaturas altas fora de estação, tempestades elétricas bizarras, granizo do tamanho de bolas de golf, seca no sudeste do Brasil, com reservatórios de água atingindo níveis críticos, alteração das condições climáticas nos pólos com aumento da quantidade de gelo, tanto no pólo ártico com antártico. O que está acontecendo com nosso sistema? A Terra está reagindo ou agonizando? Estariam os “seres extraterrestres”, deixando para nós mensagens de alerta do que está por vir? Estaríamos sofrendo a reação da ação de um agente cósmico que se aproxima de nosso sistema solar? Porque nossa estrela está tão “nervosa”?


SDO - Observatório Dinâmico Solar - 29/10/2014
Manchas solares explodem na superfície do Sol

Continuaremos acompanhando as mudanças e analisando as “Mensagens terrestres e extraterrestres”.

Para podermos aprimorar nossas pesquisas e a apresentação de nossos posts assinale logo abaixo, no final do post, deixando sua opinião sobre o conteúdo apresentado. Obrigado - Gério e Rosana

Texto: Gério Ganimedes
Fotografia e imagens: Rosana e Gério Ganimedes
Colaboração e participação: Rosana Ganimedes
Local dos eventos e aparições: Tramandaí – RS / Brasil

Gério Ganimedes
Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©©

sábado, 12 de janeiro de 2019

Visitantes - As Marcas Incontestáveis da Presença Científica Extraterrestre

Imagem: Gério Ganimedes


Por Gério Ganimedes


Sequestros noturnos, terror em fazendas, gado atacado, rebanhos inteiros de ovelhas perfuradas sem qualquer resquício de sangue em seus corpos, criaturas de olhos vermelhos em campos e plantações, círculos nas colheitas, luzes misteriosas nos céus de regiões afastadas e também em centros urbanos.  O que estamos vivendo tornou-se impossível para a descrença e a ridicularização já enterrada, tentar como um fantasma esconder. O governo nega e a ciência tentar explicar o que nem mesmo ela, com suas teorias e fórmulas acadêmicas consegue. Já foi fácil persuadir testemunhas, cobrir pistas, explicar de forma infantil eventos inexplicáveis, mas atualmente não é mais. Mesmo que adentrem pessoas com o objetivo de rebaixar eventos ufológicos reais através de vídeos e fotografias falsas, tentando deixar os pesquisadores mais nobres desta "ciência" chamada ufologia como meros divulgadores de histórias fantasiosas - a ufologia ganha força dia após dia com provas e fatos irrefutáveis da presença extraterrestre na Terra.  Diferentemente do que muitos pensam, não é por causar números estatísticos de audiência, em canais especializados na reprodução deste tipo de conteúdo que as produtoras estão investindo incansavelmente na divulgação alienígena. Existe casuística, existem testemunhas reais e fatos indiscutíveis de que o fenômeno ÓVNI está presente em nossos dias, desde o início e com certeza até o fim.




Abduções controladas, ataques científicos inegáveis à nossos animais, deslocamento silencioso de espaçonaves em nosso espaço aéreo. O que as fontes governamentais e divisões especiais criadas para tratar deste assunto não conseguem mais é esconder o inevitável. Os visitantes já ocupam nosso espaço há milênios, milhões de anos enquanto apenas engatinhávamos rumo à nossa estressante busca de nossas origens. Para que tudo isso? Se apenas tudo fosse revelado de uma só vez? Não seria mais fácil? Religiões deixariam de se aproveitarem desta ilusão de nomear Deus como uma explicação para a ignorância de um povo inteiro que teme o castigo e a punição divina, mesmo estando cercado pela morte humana. Ladrões e assassinos frios que matam por sobrevivência ou por um simples capricho. 



Quem estuda o fenômeno ÓVNI marcado pela sombra de uma ciência não reconhecida, não têm mais dúvidas de que estes eventos são reais e acontecem agora, em algum lugar deste pequeno planeta chamado Terra. Nós ufólogos somos crivados como bruxos, loucos e as risadas tornam-se sempre plano sonoro de fundo quando falamos ou manifestamos nossas teorias. Porque procurar lá fora no espaço, em Marte, na Lua ou seja qual planeta do universo, se a vida extraterrestre acontece aqui diante dos olhos de quem se permite ver, o que a cegueira induzida há milênios não permite a grande parte da civilização ver. Religiões, doutrinas, metodologias científicas que tentam entender o cérebro humano, que elas mesmos modificaram para que a descrença florescesse na mente como pragas do nosso subconsciente. Acordar desta hipnose nos faz ver que somos herdeiros de raças que aqui ainda habitam e voam sob nossas cabeças.



Avanço no conhecimento, crianças superdotadas, doenças novas e incuráveis, síndromes raras, eventos psíquicos degenerativos progressivos. A resultante de tantas características de uma mudança é a "fotografia digital extraterrestre" de um mundo que reage ao ataque de forças alienígenas milenares. Entretanto, existe também a manipulação psicológica pela própria espécie, para nos tornar "ratos de laboratório" fáceis de experimentar e cegar. Esta é a verdadeira intensão humana "dominante", nos transformar em seres limitados para que não vejamos o que acontece de real a nossa volta, em nossa atmosfera, e fazermos pensar que Deus está lá em cima cuidando de tudo. Será que esta característica nata de grande parte da população humana não foi gravada propositalmente no DNA para o grande grupo viver numa gaiola, uma espécie de "chave evolutiva" para não ir além das fronteiras permitidas? Até onde o próprio homem manterá sua espécie em cativeiro psicológico para fugir do compartilhamento do contato real que já aconteceu, está acontecendo e acontecerá em nosso mundo em todas suas dimensões tratando-se de forças alienígenas que aqui habitam?



Nazca, Chichén Itzá, Gize, Machu Picchu, Portal dos Deuses, ruínas submarinas do Triângulo do Dragão, vortex do Golfo de Aden, eventos temporais do Triângulo das Bermudas, seriam apenas estes locais os marcos da presença extraterrestre em nosso planeta? Claro que não. Estas são apenas algumas das passagens abertas em períodos remotos de nossa história que permitiram através do tempo como buracos dimensionais e energéticos a entrada de civilizações alienígenas tecnológica e culturalmente evoluídas em nosso planeta com o objetivo de moldar o homem para uma evolução sem riscos de autodestruição. Eles conseguiram? Penso que não. Talvez terão que novamente entrar em ação para corrigir nossa rota rumo ao caos.

Evento Astronômico na constelação de Ophiuchus
Foto: Gério Ganimedes

O universo é uma rede neural, uma consciência compartilhada e todo e qualquer corpo espacial por menor que seja, interfere no equilíbrio cósmico. Os índios Hopis receberam estas mensagens através de seres estelares, os egípcios foram conduzidos e educados por suas divindades vindas dos céus. Na tradução mais óbvia, o que vem do céu, vem do espaço,  origina-se das estrelas. O que acontecerá com esta "tribo humana" que atingiu o limiar  de um "reboliço evolutivo", num planeta que agoniza frente ao descontrole emocional humano? Uma intervenção abrupta, que com certeza já está acontecendo. 

Estamos sendo estudados há milênios, colocados regularmente numa "placa de Petri estelar" analisados comportamental, fisiológica e mentalmente. Os nossos "Deuses Cientistas", Pais, ou Criadores estão nos modificando regularmente com o intuito de não perder o que já foi criado e recriado várias e várias vezes. Destruir algo que há muito vem sendo elaborado "dá trabalho", então penso que uma manutenção periódica torna-se menos trabalhosa aos verdadeiros "síndicos da vida humana". Eles estão aqui, e isso só nega ou desacredita, quem tem medo do que poderá vir se o Contato e a Divulgação ÓVNI acontecer. É muito mais comodo para nossa espécie aceitar que tudo ligado a ufologia é fantasia e pura especulação pseudocientífica. Difícil é aceitar que não somos os únicos a compartilhar do mesmo espaço, habitar o mesma rede neural e ser vigiado de perto por nossos criadores.

"Quando numa gaiola de ratos uma mão alienígena adentra o espaço limitado dos habitantes não tem qualquer aviso para remoção aleatória de um indivíduo, nem critério de seleção, nem características especiais que classifiquem os eleitos ..." 

Texto: Gério Ganimedes por Anderson Mace

Gério Ganimedes
Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©©

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

De Carona com os ÓVNIS Episódios - Série Brasileira no History Channel

No centro - Fred Morsch - protagonista da série ufológica 
Gravada totalmente no Brasil

Abaixo disponibilizados os episódios que já estão no Youtube


Edição de fotografia - Gério Ganimedes


clique na imagem para assistir no Youtube

clique na imagem para assistir no Youtube

clique na imagem para assistir no Youtube





Programação do dia 11 e 12 de Janeiro de 2019


Colaboração: Marco Aurélio Leal ( Marcão)
Divulgação: Rosana Santiago

Gério Ganimedes
Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©© por Anderson Mace

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...