quinta-feira, 10 de abril de 2014

Gênesis – Adão e Eva Um Experimento Extraterrestre?

Michelangelo - Adão e Eva


Por Gério Ganimedes


Seguindo a linha de pensamento dos teoristas dos antigos astronautas ou deuses extraterrestres, resolvi desenvolver uma nova ideia fundamentada na possibilidade hipotética da manipulação da genética dos seres que habitavam a Terra, quando os seres divinos aqui chegaram para deixar seus herdeiros. Vou chamar este laboratório alienígena montado aqui na Terra de Projeto Adão e Eva.

Analisando as antigas escrituras sagradas, observa-se que existem diversas lacunas na Gênesis (Bíblia) e pontos críticos onde à compreensão de certas passagens torna-se difícil por parecerem faltar elementos de continuidade da espécie humana sobre a Terra ou “Paraíso”. Sendo um defensor da teoria dos antigos astronautas, aponto a vocês uma visão que talvez vá de encontro com a ideia pré-concebida por muitos sobre estas passagens das escrituras bíblicas. Na minha interpretação, Adão e Eva foram nomes dados às divisões de um grande projeto genético extraterrestre como objetivo de desenvolver os primeiros seres humanos dotados de inteligência gerados a imagem e semelhança de seus criadores, mas com o propósito de “seguirem certas regras” para a perfeita utilização dos recursos do planeta onde foram deixados para se desenvolverem. O que eu quero dizer é que neste “experimento” não existiu apenas um Adão e uma Eva, mas sim muitos Adãos e paralelamente também muitas Evas. Uma experiência alienígena que semeou o planeta Terra com seres perfeitos, inteligentes e híbridos, parte selvagem ou terrestre e parte Divina e alienígena. A hipotética divisão deste Projeto criou talvez centenas de Adãos e as Evas mantendo-os com a base do DNA alienígena celestial, gerando humanos com altura duas vezes maior a do homem moderno e com média de tempo de vida próximo dos 600 anos. Suas características foram herdadas de seus projetistas genéticos assim eram dotados de qualidades especiais, no entanto ocultas em seu DNA. Esta espécie que aqui viveu e se desenvolveu, possuía as características de semideuses, entretanto eram gerados propositalmente ignorantes de suas capacidades biológicas. Normas foram criadas para serem respeitadas sob pena de serem expulsos do “paraíso” onde foram deixados para viver. Estas “leis” para conduta serviam para que seus criadores tivessem controle total do desenvolvimento do projeto Gênesis ou Projeto Adão e Eva, mas parece que algo saiu errado quando uma outra raça alienígena interferiu no projeto, quando aqui chegou.


Na codificação usada nas antigas escrituras sagradas aparece um representante simbólico, desta raça extraterrestre perturbadora que dividiu o espaço terrestre. A serpente era o símbolo da raça reptiliana que interferiu no projeto. Assim, transgredindo os limites do Projeto Adão e Eva, esta raça de seres alienígenas “ensinou” aos humanos aqui deixados o segredo contido em sua estrutura biológica. Os reptilianos mostraram para “Adão e Eva” que eles continham em seu corpo órgãos com capacidade reprodutora da espécie e que eles poderiam ser tão poderosos como os deuses que os geraram. Conscientes de suas capacidades, o respeito ao Deus que os criou desapareceu e todo um projeto de gênesis foi modificado.  


Qual a simbologia da serpente nas escrituras sagradas? Poderia estar referindo-se a outra raça extraterrestre?

Fugindo as leis estabelecidas por seu criador, começaram a procriar e cruzar entre si, desrespeitando o aviso dado. Foi então, que este projeto genético extraterrestre perdeu o controle e a raça criada, antes pura, iniciou um processo de degeneração, criando aberrações genéticas. Com uma falsa sensação de poder divino o homem, desconhecendo o segredo de sua origem, ultrapassou os limites da reprodução da espécie e passou a reproduzir-se descontroladamente entre indivíduos da mesma descendência, ignorando o aviso. As aberrações transformaram os antes semideuses, em uma raça inferior, agressiva e promíscua. Diante da interferência desta outra raça alienígena perturbadora, iniciou-se uma grande “guerra extraterrestre” onde de um lado estava uma raça alienígena com o objetivo de levar o experimento para o abismo e do outro lado, o criador revoltado e com a necessidade de exterminar sua própria criação.  Excluindo-se poucos neste processo seletivo, alguns foram poupados da destruição, avisados por “mensageiros dos deuses”, os anjos das antigas escrituras sagradas. Estes “enviados” ou “classificadores” selecionaram e permitiram viver aqueles que ainda poderiam dar continuidade a espécie do experimento, pois neles permanecia intacto o ensinamento inicial, prevalecendo à capacidade de respeitar, sem questionar as leis impostas por seu criador.  

Destruição de Sodoma e Gomorra
Arma nuclear extraterrestre?

Sob proteção da teoria dos antigos astronautas e da gênesis do Projeto Adão e Eva, aparecem neste ponto, codificadas, às passagens bíblicas da destruição das cidades de Sodoma e Gomorra e logo a seguir o Grande Dilúvio.  


Conectado a esta hipótese pergunto: Teria acontecido um extermínio em massa com o objetivo de destruir um experimento genético que saiu do controle? E se houve mesmo um extermínio, que tipo de arma extraterrestre aniquilou este projeto genético?  

Continua...

Texto: Gério Ganimedes
Colaboração: Rosana Ganimedes

Dedicado ao meu eterno amor, Rosana Ganimedes

Gério Ganimedes
Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©©


8 comentários:

  1. Estou de acordo com tudo o que tocou.Esqueça a Bíblia como referencia,a Bíblia é uma fraude...O Éden foi MU(Lamuria)ou UM,o início da humanidade.Era um Continente povoado,a onde fica o oceano Pacifico, por pessoas pacificas e dai o nome do oceano...

    http://books.google.pt/books?id=s8dilm8sYXcC&printsec=frontcover&dq=continente+perdido+de+MU&hl=pt-PT&sa=X&ei=-ARIU4e6CImP7Ab2roCIBg&ved=0CDIQ6AEwAA#v=onepage&q=continente%20perdido%20de%20MU&f=false

    Uma das evidencias que a Bíblia é uma fraude e que copiaram as vidas dos reis do Egipto.O tuthmosis III foi o David da Biblia...há mais coisas

    http://anpekla.com/2014/01/18/tuthmosis-iii-o-rei-davi-da-biblia/

    Boa sorte para o Blog

    ResponderExcluir
  2. GERIO, SEMPRE LEIO AS POSTAGEM E POR VEZES FAZEM MUITO SENTIDO, A VONTADE Q TENHO É DE IMPRIMIR ISSO TUDO E GUARDAR PARA UM DIA PESSOAS VEREM QUE NEM TODOS NO PASSADO, ERAM LEIGOS, A PERGUNTA É, POR QUE NÃO FAZ UM LIVRO COM TUDO QUE JÁ PUBLICOU ? COM TODO RESPEITO , SERIA UMA DAS 1ª NA FILA PARA COMPRA - LO, E OS MAIS QUE VIRIAM CLARO.( contato face gislaine bispo)

    ResponderExcluir
  3. Viajou na maionese!!

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    gostaria de partilhar um artigo sobre a narrativa de Génesis de Adão e Eva:
    http://quem-escreveu-torto.blogspot.pt/2007/09/o-primeiro-pecado.html

    Obrigado
    Paulo Ramos

    ResponderExcluir
  5. Os sumérios falavam da criação de Adamu pelos anunnakis...pesquisem zecharia sitchin o livro de enki memórias de um deus extraterrestre...adão foi o primeiro escravo...modificaram os seres q viviam aqui....para servi-los...primeiramente para o trabalho nas minas de ouro africanas...eh muita informação...baixem o livro q eu citei...ele fala do diluvio adão dos 10 mandamentos...bíblia o genesis alem de outros elementos de outras culturas boa parte veio da suméria

    ResponderExcluir
  6. A única coisa que você fez foi trocar o Deus cristão citado na Bíblia por alienígenas e Lúcifer por outros alienígenas. Teoria mais aceita por falsos revolucionários históricos que creem ser distintos em termos de crenças humanas.

    ResponderExcluir
  7. Lamentável seu comentário ... Anos depois vejo porquê o homem é o que é hoje. Digno de destruição!

    ResponderExcluir
  8. Lamentável seu comentário ... Anos depois vejo porquê o homem é o que é hoje. Digno de destruição!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...