terça-feira, 29 de janeiro de 2013

A arquitetura de templos religiosos e uma estreita analogia com óvnis - Relembrando

Arte Bizantina



Por Gério Ganimedes


A Igreja evoluiu, as religiões evoluiram, em vários aspectos, porém um dos aspectos que sempre me chamou a atenção e resolvi dedicar meu tempo, foi na arquitetura adotada pela igreja e seus construtores, através do tempo. Vocês podem estar se perguntando. Mas porque o Gério esta falando nisto agora, arquitetura de templos e a igreja?

 Detalhes da iluminação da cúpula de uma catedral

Não é de hoje, que os mais famosos arquitetos da história, tiveram sua glória, podendo mostrar sua verdadeira genialidade e arte através da construção de templos, mosteiros, basílicas e domos religiosos.

 Basílica de Yamoussoukro - Costa do Marfim

Porém com o avanço da tecnologia, das artes, da engenharia e da própria arquitetura, aqui exposta, muitos construtores, engenheiros, arquitetos e projetistas, adotaram formas novas e traços arquitetônicos modernos para construção destas obra-primas templárias e históricas, entretanto, se olharmos a nossa volta muitas das igrejas mantém o clássico domo, que se atentarmos para seus formatos, detalhes de aberturas luminosas e adornos, encontraremos muitas das características descritas por testemunhas de avistamentos de não só ovnis, mas de naves aterrissadas e observadas de perto, tanto em contatos de segundo como terceiro grau.

 Domo da Rocha - Jerusalem

Observem o domo ou cúpula clássica de uma catedral, não falo apenas das igrejas católicas, mas sim de templos e basílicas em geral, de vários lugares do mundo e das mais diversas religiões, todas as grandes obras, vamos dizer, centralizadoras ou marcos referencias, foram construídos com detalhes muitas vezes louváveis de perfeição, comparadas a relatos detalhados de espaçonaves extraterres.

 Catedral de Berlim Alemanha com sua "Nave" Iluminada

Podemos observar isto tanto no passado magnífico de cúpulas como as da antiga e adorável basílica de Santa Sofia em Istambul – antiga cidade de referência ao imperador romano Constantino, Constantinopla, igrejas modestas e catedrais na Itália, Vaticano ( Basílica de São Pedro), Rússia, Brasil e centenas de outros países. 

 Santa Sofia - Istambul

Santa Sofia (Interior da Nave) - Istambul

Todas estas magníficas construções, ricas em minúcias, podem quem sabe, ter um fator muito mais profundo em suas formas, para talvez perpertuar uma presença divina de deuses, ou seres de outros mundos, que aqui estiveram no passado. Além de que, curiosamente no meio arquitetônico religioso, o domo de uma cadedral, é chamado de “NAVE”.



Imagens vindas dos livros, mais detalhados sobre arquitetura e arte, sugerem não só uma semelhança com naves em sua forma física, mas também no aspecto de iluminação e grandiosidade.
 
Não quero com este post criar, de forma alguma, um desequilíbrio de idéias religiosas, pois este não é o propósito do Projeto Quartzo Azul, mas quero sim, levantar a hipótese de que, talvez, e isso eu acredito, a igreja, detém em seu poder o significado real de uma arquitetura de formas tão próximas as centenas, senão milhares de relatos tanto históricos, como atuais, de nossos irmãos das estrelas e suas fantásticas máquinas voadoras.

Manteria a igreja, em segredo, por todos estes anos, o mistério de nossa origem, bem diante de nossos olhos?

  Papa Bento XVI falando com astronautas da NASA

Temos acompanhado, ultimamente, uma preocupação, digamos, muito grande e até supeita, da igreja em suas relações científico-teológicas, com agências espaciais, não só americanas, como de outros países também, sobre a "possibilidade" de vida extraterrestre. 

Quem sabe ainda não veremos descer do céu um grande "domo iluminado" que nos fará lembrar centenas de outros, já bem fixados, em alicerces aqui na Terra?

 Ovni registrado na Inglaterra - crédito: Area51
... Mais um Ovni em forma de Domo


Fiquem bem


Gério Ganimedes
Direitos Reservados - Projeto Quartzo Azul©©

9 comentários:

  1. Sem dizer que a ala central das igrejas são chamadas de nave...
    "O termo arquitectónico nave é originário do grego naos, referente ao espaço fechado de um templo, e do latim medieval navis. A nave é o termo referente à ala central de uma igreja ou catedral onde se reunem os fiéis de modo a assistirem ao serviço religioso."

    Wikipédia: Nave(arquitetura)

    ResponderExcluir
  2. As torres tbm se parecem foguetes... rsrs

    ResponderExcluir
  3. Em uma coisa eu acredito, religião (todas) e aparições históricas de espaçonaves e deuses descendo dos céus (toda a religião tem uma historia assim)tem muito mais em comum do que a maioria das pessoas imaginam.

    ResponderExcluir
  4. Sou cristã, creio em Deus , e no seu filho Jesus, como Salvador do mundo. Claro que Jesus cristo era extraterrestre. Ele mesmo disse:"...não sou deste mundo." Ele não é daqui , desta Terra , e de nenhuma outra galáxia deste Universo, visivel. Ele é de uma outra dimensão , ou Universo , se assim pode-se dizer, tão superior, que nosssos melhores telescópios jamais poderá captar sua imagem , pois trata-se de um reino totalmente espiritual, onde estes olhos carnais não conseguem enxergar. Cristo se fez carne, mas dentro dessa matéria , havia um espírito , ou como preferirem , energia , luz...tão poderosa , que no Monte da transfiguração , podemos constatar isso: seu rosto resplandeceu como o sol, e seu vestido se tornou branco como a luz. Podemos observar o poder que estava nele. Nesse momento da transfiguração, oque ocorreu com a sua matéria? Ela se fundiu com o seu espírito. Ele tinha esse poder de transformação , pois nele não havia o pecado( o que gerou a morte da carne). Os anjos também possuem esse poder de materialização. Essa radiação , nada mais é do que suas virtudes que irradiavam Dele , através dos seus poros, devido a energia poderosa que habitava aquela matéria. Podemos constatar isso , naquela parte onde a mulher do fluxo sanguíneo lhe toca , e ele pergunta : ... quem me tocou?". Cristo curou e ressuscitou a muitos, e tinha poder para fazer o mesmo consigo. Num certo trecho da Biblia, S.João 5 , vs.26 Ele diz: Porque como o Pai tem a vida em Si mesmo, assim deu também ao Filho ter a vida em si mesmo.

    ResponderExcluir
  5. As religiões (todas) ancoram a humanidade e a mantém na ignorância. De joelhos e esperando pelo inexistente, ela vai vendo a evolução se distanciar deixando apenas um tímido rastro de esperança.

    Quanto ao tal Jesus, pergunto: Teria sido teletransportado para a Interprise atendendo ao chamado do Capitão James T. Kirk?

    ResponderExcluir
  6. Cristo é energia pura e se transporta por si próprio.

    ResponderExcluir
  7. Não para a Interprise , mas para uma dimensão , Universo onde lá nada é destrutível. Lá impera a imortalidade.

    ResponderExcluir
  8. Ignorante é vc Jorge, que usa de palavras alheias para expressar sua total falta de instrução. Basta ver o que escreveu no segundo parágrafo. Respeito é o princípio básico da educação. Espero que o Sr. Jesus te perdôe, pois como ele mesmo disse, você não sabe o que fala. Boa sorte!

    ResponderExcluir
  9. Quanto ao tal Jesus, pergunto: Teria sido teletransportado para a Interprise atendendo ao chamado do Capitão James T. Kirk?

    Não, Ele mesmo (não precisou de naves .ovnis, etc... ) foi para os céus , numa dimensão Superior a todas , junto ao Criador, um lugar onde impera a imortalidade (vida eterna) com glória.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...