domingo, 13 de março de 2011

O Polêmico Cometa Elenin

   Após ter recebido,  inúmeros pedidos para falar sobre o cometa Elenin, resolvi dedicar esta postagem,  onde tento mostrar através de pesquisa, dados de vários astrônomos, inclusive de cálculos por mim executados,  as trajetórias deste corpo espacial, que está dando o que falar, principalmente ligado a teorias de um cataclisma global.


© Leonid Elenin / ISON-NM


Cometa Elenin - Código Astronômico ( Comet C/2010 X1 )


   Dados Astronômicos e Científicos


Leonid Elenin - © Tenagra Observatories

   Cometa C/2010 X1 (Elenin), é um cometa de longo período, descoberto pelo astrônomo russo Leonid Elenin em 10 de dezembro de 2010 no observatório "Internacional Optical Network", perto de Mayhill, Novo México, EUA.


   Para ajudar a entender: Em astronomia, a unidade astronômica (UA) é uma unidade de distância, aproximadamente igual à distância média entre a Terra e o Sol. É bastante utilizada para descrever a órbita dos planetas e outros corpos celestes no âmbito da astronomia planetária, valendo aproximadamente 150 milhões de quilômetros (149 597 870 km).

Exemplos:
----------------------------------------------------------
Planeta        Distância ao Sol (UA)

Mercúrio      0,39
Vênus         0,72
Terra           1,00
Marte          1,52
Júpter          5,20
Saturno       9,53
Urano        19,10
Netuno      30,00

----------------------------------------------------------

   Com dados fornecidos por astrônomos, posso dizer que o Elenin ainda está a caminho e sua excentricidade orbital (Excentricidade orbital é uma medida que representa o afastamento de uma órbita da forma circular. É normalmente representada por valores entre 0 e 1, porém valores maiores que 1 são observados em algumas órbitas de cometas ou sondas espaciais.), foi recentemente calculada em 1,00058, que é hiperbólica, mas apenas ligeiramente em superior parabólico. Assim é, aparentemente, não periódica (sem-retorno), embora essa determinação possa mudar devido a perturbações de grandes planetas e mais dados observacionais e cálculos. Seu plano orbital está inclinado apenas 1,841 ° plano atual da Terra, eclíptica (A eclíptica é o plano da órbita da Terra ao redor do Sol, ou a órbita descrita neste plano. A razão do nome provém do fato que os eclipses somente são possíveis quando a Lua está muito próxima deste plano).

   Utilizando os mais recentes dados de elementos orbitais do  JPL - Solar System Dynamics, que estão sujeitos a alteração, o cálculo que o cometa estará em oposição (alongamento angular do máximo solar) ao Sol em 14 de março de 2011, a uma distância de 2,103 UA (unidades astronômicas) da Terra. Ele vai chegar no periélio (ponto mais próximo ao Sol), em 10 de setembro com 0,481 UA.  Ele estará em seu nó ascendente passando para o norte, através do plano da eclíptica em 14 de setembro de 2011. Vai estar em conjunção inferior (alongamento angular mínimo solar) entre o Sol e a Terra, em 26 de setembro de 2011, quando se apresentará e passará a 1,8 graus de latitude norte do Sol.  Estará no perigeu (mais próximo da Terra), em 16 de outubro de 2011 a 0,242 UA de distância.

   Utilizando coordenadas equatoriais da data atual, durante seu tempo no interior do sistema solar, o cometa alcançará um máximo de declinação sul de 5,6 °,  em 09 de setembro, e um máximo de declinação Norte de 30,7 °, em 29 de outubro. Utilizando os parâmetros mais recente do JPL-Solar System Dynamics, de  magnitude, o cometa estará na magnitude, enquanto 16,7 em oposição a 14 de março de 2011. Seu maior brilho, seria de se esperar,  de magnitude 6,0 em 19 de setembro 2011. A JPL, admite que o seu parâmetro de inclinação e magnitude é simplesmente assumida.  Eu suspeito que é um pouco conservador, mas isto, são dados conclusivos, baseados em números, simulações e cálculos computadorizados, sem a ação de forças externas ao sistema.



Estrutura de um cometa


   Prezados leitores do Projeto Quartzo Azul, neste link você poderá ter uma visão clara de toda teoria, "massante", exposta acima:

   Animação e Simulação da trajetória: http://www.curtrenz.com/comets12.html

   Entenda a Magnitude dos Astros: http://www.zenite.nu/


   Conteúdo Complementar da Pesquisa


   Em início de agosto de 2011 o cometa deve alcançar a 8a magnitude, localizando-se no limite das constelações do Leão e Virgem, sempre visível ao anoitecer.  Seu brilho deve aumentar rapidamente, atingindo a 5a magnitude em final de agosto, na constelação da Virgem, porém já próximo do crepúsculo vespertino. No dia de seu periélio o cometa será brevemente observado durante o crepúsculo vespertino, quando provavelmente atingirá magnitude 3.5.  Entre os dias 12 e 15 de setembro de 2011 o cometa cruzará o campo de visão da câmera C3 da sonda SOHO.


Imagem Ilustrativa


   Após a conjunção com o Sol, o cometa reaparece ao amanhecer, talvez na 5a magnitude a partir de 25 de setembro. Diminuindo de brilho, o cometa atravessará as constelações de Leão, Câncer, Gêmeos e Touro, sendo visível de madrugada, encerrando sua aparição em final de novembro de 2011.


   Conclusão

   Baseado nas pesquisas que fiz e em análise de outros colegas astrônomos, posso concluir, no limite de meu humilde conhecimento em astronomia, que mesmo durante sua passagem próxima com a Terra, não é com o Elenin que devemos nos preocupar. Espero ter, nesta postagem respondido a pergunta que muitos me fizeram, sobre o dito Cometa Elenin e sobre a possibilidade de choque com a Terra. 


   Lembrando sempre que, todas estas análises, são baseadas em cálculos matemáticos, física e hipóteses do plano terrestre e humano. No entanto, no universo tudo é possível mudar, sem razão ou motivo aparente, pelo simples fato de que é necessário mudar, para sua própria evolução e expansão.

Abraços a todos e fiquem bem!
Gério Ganimedes

2 comentários:

  1. Fernando Sparrenberger5 de maio de 2011 14:23

    No Universo tudo pode mudar por que os corpos celestes sofrem atuação constante da atração gravitacional vinda de outros corpos. Dizer que uma trajetória de um cometa pode mudar sem motivo aparente é ignorar a gravidade dos corpos, e completar dizendo que pode mudar simplesmente por que é necessário mudar é dizer que (o cometa Elenin) tem um cérebro, podendo decidir o nosso destino por si próprio.
    Meu amigo, quando Deus Criador dos céus e da Terra fez o Universo, já deixou toda a sorte lançada. Tudo funciona conforme suas leis (físicas, já criadas. Apenas que nós não conseguimos decifrá-las no que toca ao macrocosmos.

    ResponderExcluir
  2. Não estou aqui para ser o dono da verdade ou ter respostas que agradem a todos. São suposições, hipóteses e cálculos humanos. Publiquei dados que já foram calculados por outros astrônomos e cientistas. Não tenho a intensão, nem quero e tão menos posso jamais ter a última palavra numa questão como esta. Estou dividindo o meu espaço com as pessoas, para informar coisas que estão sendo tomadas com definitivas por outros e que para mim não são. Estou colocando aqui a minha opinião pessoal e dados cientificos apresentados por comunidades científicas. Quanto a questão religiosa de Deus, preferiro não discutir, pois tenho a minha religião, mas acho que aqui não é o caso discutir, já que o espaço foi criado para assuntos ufológicos e científicos. Abraços e obrigado por sua opinião, que desde já foi publicada no meu espaço e respeitada, coisa que no meu caso não aconteceu.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...