quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Luzes do Norte Intrigam Meteorologistas do Clima Espacial

Foto/Crédito © Chad Blakley
Image Taken: Feb. 14, 2012
Location: Aurora Sky Station, Abisko National Park, Sweden


Por Gério Ganimedes


Uma tempestade geomagnética baseada em índice (Kp = 5) iniciou nas primeiras horas do dia 15 fevereiro de 2012. Durante a tempestade, as “luzes do Norte” desceram até o sul de Minnesota, nos Estados Unidos.  Uma perturbação ondular “atípica” no campo magnético da Terra ocorreu em 14 de fevereiro de 2012, provocando algumas “luzes suaves e diferentes” no Círculo Polar Ártico, por razões ainda, não totalmente compreendidas, pelos meteorologistas. Houve algumas especulações, de que o fenômeno foi causado por uma ejeção de massa coronal (CME em inglês ou EMC), vinda do sol em 10 de fevereiro chegando a Terra em 14 de fevereiro, no entanto, não está clara a “assinatura” de um impacto de EMC no local de acordo com leituras dos ventos solares.


Foto/Crédito: © Chad Blakley
Colaboração: Emelee 
Análise e tradução de dados técnicos: Gério Ganimedes
Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©©

Um comentário:

  1. Wilson Luiz Seberino16 de fevereiro de 2012 16:15

    Ave, Gério! Na minha modesta opinião, as várias "...esferas", incluindo a ionosfera e a magnetosfera, já não estão mais se comportando como antes, devido ás mudanças no clima espacial, e já não apresentam aquelas reações que seriam de se esperar, ou apresentam reações exageradas diante de pequenas tempestades solares. Uma dessas reações é o tal do "grande HUM". Abraço

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...